idosos
ARM SUL-AMERICANA

ARM SUL-AMERICANA

Veja 8 dicas para garantir uma casa segura para idosos

Adaptar uma casa segura para idosos é um conceito que vai além de instalar barras de apoio no banheiro.

Claro que nem todo idoso é totalmente dependente de cuidados. Muitos ainda levam uma vida normal e ativa. No entanto é inegável que a idade avança e, com ela, as limitações aumentam. 

E para ajudar você nessa tarefa é só continuar a leitura do artigo que elaboramos sobre o tema. Vamos começar?

Por que deixar a casa segura para idosos?

As mudanças no corpo e no cérebro que ocorrem com a chegada da terceira idade influenciam diretamente nos sentidos, como visão e audição, no equilíbrio e no reflexo. 

Por isso é fundamental que o lar das pessoas idosas seja o mais seguro possível para que elas tenham liberdade para se movimentar em segurança, com menos risco de quedas – perigo comum e incapacitante nessa faixa etária.

1. Diga adeus aos tapetes

Inegável que eles dão um toque de charme ao ambiente. Mas se reside um idoso no local, a segurança dele pode depender da decisão de remover os tapetes.

Os grandes, se mal espalhados, podem causar tropeços e aumentar o risco de queda, e os pequenos podem causar escorregões. O único tipo de tapete benéfico para a segurança da casa são os de borracha, que precisam estar no banheiro e em áreas úmidas, como cozinha e área de serviço.

2. Garanta boa iluminação

Todos os cômodos, e principalmente corredores, precisam estar bem iluminados. Instale interruptores em locais de fácil acesso.

Evitar deixar cantos sem iluminação adequada evitam confusão nos idosos e os ajudam a enxergar com nitidez possíveis móveis ou obstáculos que podem causar danos físicos a eles. 

Se puder, instale sensores de presença. As luzes se acendem ao detectar alguém passando, evitando que os idosos procurem pelo interruptor no escuro. 

3. Instale barras de apoio

São clássicas e 100% mandatórias em uma casa segura para idosos. Devem ser instaladas em cantos estratégicos, geralmente lugares que eles passam com mais frequência.

Locais que precisam de barras de apoio:

  • corredores;
  • todas as paredes em área de circulação entre os cômodos;
  • parede próxima à cama;
  • área do chuveiro;
  • nas proximidades do vaso sanitário.

4. Cuidado com degraus e escadas

É comum em algumas casas que certos cômodos estejam em desnível, portanto esses degraus precisam ser nivelados com rampas.

Nas escadas, instale corrimãos extra para garantir uma casa segura para idosos. E não esqueça de fixar fitas antiderrapantes desses locais. Elas são muito úteis na prevenção de escorregões e quedas.

5. Adapte os banheiros

Além das barras de apoio para prevenir acidentes, é essencial que todo o banheiro seja modificado. Você vai precisar de:

  • tapetes de borracha fixados ao chão em locais molhados, como debaixo do chuveiro, na saída do box e próximo à pia;
  • O piso de material antiderrapante;
  • Elevar o assento sanitário. Dessa forma há mais estabilidade nos movimentos para sentar e levantar.

6. Opte por móveis com pontas arredondadas

Lesões são mais facilmente infligidas nas pessoas de maior idade. E são mais sentidas também. 

Portanto, para o bem-estar e segurança dos idosos, opte por móveis de pontas arredondadas ou compre cantos de silicone e aplique nos lugares pontiagudos. Em qualquer casa de materiais de construção é possível encontrar esses adaptadores. 

7. Organize os fios

Fios espalhados pelo chão são perigosos para qualquer um que esteja transitando pelo ambiente.

Em uma casa segura para idosos os fios e cabos de equipamentos eletrônicos, precisam estar fixos na parede, com a ajuda de canteiras ou fitas apropriadas.

Fonte: https://drogariasantoremedio.com.br/casa-segura-para-idosos/

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp